Financial Management Blogs by Members
Dive into a treasure trove of SAP financial management wisdom shared by a vibrant community of bloggers. Submit a blog post of your own to share knowledge.
cancel
Showing results for 
Search instead for 
Did you mean: 
eduardohartmann
Contributor

O objetivo deste post é demonstrar como localizar o usuário que gerou a solicitação de inutilização no Report de lacuna, visto que esta informação não está na tabela onde os registros são gravados.


Tivemos um caso desastrado de uso do gap report (programa J_1BNFE_GAPMONITOR, acessado via J1BNFE) onde um usuário solicitou inadvertidamente a inutilização de 2 séries de uma filial. Como até semana passada a operação desta filial era fora do SAP, tem +-30.000 notas de cada série emitidas fora do SAP, assim, ao verificar o gap de numeração, foram identificados praticamente 60k números.

Como o report vem por default com a opção "Exec.teste (s/execução RFC)" desmarcada (ou seja, vai enviar as solicitações), é fácil fazer a operação, visto que não há qualquer alerta ou confirmação após mandar executar.

No cliente onde isso ocorreu foram geradas perto de 60k mensagens de inutilização, gerando uma fila de processamento gigante no PI e fazendo com que as demais solicitações de inutilização ficassem represadas (a média de tempo de processamento ficou perto de 1000/hora, ou seja, quase 3 dias processando isso tudo).

Tirando o problema em si, tentamos identificar quem gerou esta solicitação, porém verificamos que na tabela J_1BNFENUMGAP não existe campo identificando o usuário de criação dos registros. No monitor de inutilização no GRC tampouco temos o usuário identificado, apenas o usuário da RFC aparece.

Fazendo um trace na execução do report podemos observar que é feito um insert na tabela DBTABLOG, com o campo TABNAME = J_1BNFENUMCHECK. Consultando as entradas nesta tabela com este TABNAME foi possível identificar o usuário e posteriormente orientá-lo a executar com mais critério este report.

Exemplo de resultado, mostrando que podemos ver a chave da execução (LOGKEY) e o usuário (USERNAME):

Adicionalmente, ficam alguns alertas:

1) Não há confirmação de execução do report, mesmo com a opção de teste desmarcada;

2) Não verifiquei os detalhes de objeto de autorização, porém mesmo com perfil sem autorização de numeração, cancelamento, etc. foi possível executar o report;

Se alguém teve mais experiências positivas ou negativas e/ou dificuldades no uso desta ferramenta, pode comentar para compartilharmos e dar um feedback para melhoria da ferramenta.

Abs,

Eduardo Hartmann

9 Comments
Top kudoed authors