cancel
Showing results for 
Search instead for 
Did you mean: 

Perguntas para melhoria SAP B1 no processo.

Former Member
0 Kudos
1,198

Meus amigos consultores SAP B1, boa noite.

Estamos fazendo levantamento das rotinas da empresas para melhorarmos os fluxos de nossos processos e conforme fomos caminhando e entrevistando os setores da empresa que utilizam  o SAP B1, surgiram alguma perguntas, solicito por gentileza o auxilio de vocês para poder responde-las:

1-) Existe a possibilidade de na hora de realizar o apontamento do produto acabado reservar para um determinado pedido de venda?

2-) Existe  algum lugar no SAP B1 que possuímos endereço de rua, prateleira, quadra para estocar e rastrear o produto acabado, ou se podemos criar e customizar isso?


3-) Mesmo com um addon implantado para gestão de um modulo por exemplo: produção, é possível utilizar uma função do modulo de produção do  SAP nativo, ja que existe a função de desmonte do produto e em nossa customização não.


4-) Conseguimos alterar a ordem de prioridade do SAP no administração de picking e embalagem de data de entrega para outra possibilidade por exemplo por quantidade?


5-) Existe possibilidade no SAP de determinar um estoque mínimo de cada item, tanto em PA como MP e uma forma de visualização legal para a logística controlar isso pelo próprio sistema?


6-) Itens de consumo como : energia elétrica, água, etc precisar inserir pedido de compra? Ou existe a opção de aceite para podermos planejar as contas fixas sem necessidade de ficarmos inserindo pedido de compra para isso?


7-) No SAP B1 existe a possibilidade de trabalharmos com centro de custo?  O centro de custo é chamado de projeto no SAP? Onde cadastro e localizamos o centro de custo no sistema e como vemos a qual centro de custo o item, serviço ou transação financeira pertence?


8-) Existe um relatório no SAP B1 que enxergue o centro de custo relacionado a conta contábil do mesmo?


9-) No momento de gerar um Pedido de Venda eu consigo determinar se vai consumir de Estoque ou se vai para produção?


10-) Onde são feitos os lançamentos de caixa e caixinha?


11-) Porque esta pedindo numero de lote em nosso sistema na hora de realizar uma NF de entrada?


12-) Notas ficais de entrada do fornecedor e demais documentos em pdf podem ser inseridas no sistema como anexo para evitar desencontro de informação via e-mail para o setor de contas a pagar? Isso aumenta muito o tamanho do banco?

Desde já agradeço pessoal, muito obrigado!

Att.








Accepted Solutions (1)

Accepted Solutions (1)

rodrigofeula
Active Contributor
0 Kudos

Olá Ricardo, tudo bem!?

Caso ainda não tenha te indicado, no começo do ano publiquei um artigo, com dicas para a carreira de consultor (link: http://scn.sap.com/community/portuguese/business-one/blog/2016/02/15/est%C3%A1-come%C3%A7ando-no-sap... ), neste artigo tem os links para o material da academia (Disponível gratuitamente pela própria SAP) com todos os treinamentos sobre o B1, acredito que aqui estejam várias respostas as tuas perguntas.

1-) Existe a possibilidade de na hora de realizar o apontamento do produto acabado reservar para um determinado pedido de venda?

=== >>> Por padrão no SBO quando há um pedido de vendas ele já considera isso na "Disponibilidade de estoque", lembra disso na aba "Dados de estoque" do cadastro do item? Contudo o estoque em si não fica travado.

2-) Existe  algum lugar no SAP B1 que possuímos endereço de rua, prateleira, quadra para estocar e rastrear o produto acabado, ou se podemos criar e customizar isso?

===>>> A partir das versões da família 9 existem as localizações, onde é possível criar as posições (http://scn.sap.com/docs/DOC-63036).

3-) Mesmo com um addon implantado para gestão de um modulo por exemplo: produção, é possível utilizar uma função do modulo de produção do  SAP nativo, ja que existe a função de desmonte do produto e em nossa customização não.

===>>> Neste cenário recomendaria que conversasse bem com quem implantou o SAP, pois normalmente as customizações são elaboradas para atender a necessidades específicas e você usar uma funcionalidade diferente do planejado pode colocar em risco o funcionamento do "todo", pois podem haver relatórios e outros processos elaborados através do addon que executam coisas que você nem imagina e podem ser importantes em determinada análise. De qualquer modo as funcionalidades que existem de forma nativa "foram feitas para serem usadas", apenas cuidado!!!


4-) Conseguimos alterar a ordem de prioridade do SAP no administração de picking e embalagem de data de entrega para outra possibilidade por exemplo por quantidade?

===>>> A tela de picking é flexível para você orderanar as informações clicando sobre o título da coluna desejada, isso faz com que a sua "prioridade mude", não esqueça que na tela de execução dos filtros do picking, tem uma grande quantidade de outros campos para usar de filtro, justamente para possibilitar a execução em um cenário bem específico.

5-) Existe possibilidade no SAP de determinar um estoque mínimo de cada item, tanto em PA como MP e uma forma de visualização legal para a logística controlar isso pelo próprio sistema?

===>>> No cadastro de cada item existe, na aba Estoque, existe um local para controle de estoque: minímo, necessário (leia-se regulador/média padrão) e máximo. Este controle de mínimo, máximo e regulador pode ser usado de forma global para o item, ou até mesmo no nível item por depósito. Veja isto na aba "Dados de Estoque".


6-) Itens de consumo como : energia elétrica, água, etc precisar inserir pedido de compra? Ou existe a opção de aceite para podermos planejar as contas fixas sem necessidade de ficarmos inserindo pedido de compra para isso?

===>>> O SAP permite a execução do processo de diversas formas, mas é importante antes de tudo entender os motivos pelos quais foram organizados os seus processos da forma como estão, talvez o que você esteja precisando dentro da empresa é uma "consultoria" para avaliar a melhor forma de usar o SBO.


7-) No SAP B1 existe a possibilidade de trabalharmos com centro de custo?  O centro de custo é chamado de projeto no SAP? Onde cadastro e localizamos o centro de custo no sistema e como vemos a qual centro de custo o item, serviço ou transação financeira pertence?

===>>> Existe SIM como trabalhar com centros de custo do SBO, as possibilidades são fantásticas, já usei bastante isto em diversos projetos de implementação (muito usado em empresas de engenharia ou empresas com perfil projetizado), conseguindo fazer análises de resultado fantásticas entre outras. Isto se chama dentro do SBO de "Contabilidade de custos" e possui toda uma amarração das "Chamadas dimensões" com o cadastramento de "centros de custo", "Regras de distribuição" e tudo mais.

8-) Existe um relatório no SAP B1 que enxergue o centro de custo relacionado a conta contábil do mesmo?

===>>> Dentro de Finanças \ Contabilidade de custos, dê uma olhada nas opções.

9-) No momento de gerar um Pedido de Venda eu consigo determinar se vai consumir de Estoque ou se vai para produção?

===>>> Esta questão tem muita relação com a área de MRP do SBO e dentro do cadastro do item possui uma série de configurações na aba "Dados de planejamento" do item.

10-) Onde são feitos os lançamentos de caixa e caixinha?

===>>> tipicamente são processados na área "Banco" do SBO, para isto existe o "Contas a recer", o "Contas a pagar" e o "Depósito".

11-) Porque esta pedindo numero de lote em nosso sistema na hora de realizar uma NF de entrada?

===>>> Isto deve ser uma configuração colocada no cadastro do item para exigir "Número de série ou lote" com a opção "Em todas as transações".

12-) Notas ficais de entrada do fornecedor e demais documentos em pdf podem ser inseridas no sistema como anexo para evitar desencontro de informação via e-mail para o setor de contas a pagar? Isso aumenta muito o tamanho do banco?

===>>> Os anexos do SAP não são armazenado dentro do banco de dados, eles ficam armazenados dentro de uma pasta normalmente compartilhada na rede (network storage).

IMPORTANTE: Tenha muito cuidado ao mudar processos, ou implementar novos recursos, pois conforme mencionado, é provável que as coisas são feitas por um motivo, principalmente possibilitar determinadas análises (que por sinal, normalmente não são vistas pelo pessoal operacional).

Acho que ai você tem uma luz, para resolver suas necessidades.

Espero ter colaborado.

Abraços,

Rodrigo da Costa Feula

Former Member
0 Kudos

Bom dia Rodrigo,

Poderia explicar alguma alternativa ao Pedido de Compras no item 6? Estou em fase de implantação e nosso parceiro nos disse que para termos o controle dessas contas (água, luz, telefone, etc..) o ideal seria fazer um Pedido de Compras como transação recorrente. Particularmente eu acho estranho isso, ter que cadastrar a empresa de água como Parceiro de Negócio e fazer um Pedido de Compra para água todo mês. Acho que o B1 poderia ter uma forma mais simplificada de lidar com esse tipo de despesa mensal.

Obrigado

rodrigofeula
Active Contributor
0 Kudos

Olá Rudá, tudo bem?!

Então...o SAP Business One é uma ferramenta fantástica, para execução de um processo existem várias opções, devem existir muitos motivos para a consultoria ter sugerido a opção descrita por você, eu particularmente uso esta opção com muitos clientes, mas também já usei várias outras opções como "Contabilização recorrente", "LCM", "C/P na modalidade: conta". Ainda assim acredito ser importante pensar um pouco sobre a questão e ver alguns possíveis motivos:

1. Incluir na previsão do fluxo de caixa, pois neste relatório é possível incluir as "Transações recorrentes de pedido de compra".

2. Facilitar a digitação "repetitiva" de um documento, cabe lembrar que todo mês será necessário registrar um documento para a sua conta de água, luz, telefone, aluguel, com a transação recorrente esta digitação é automatizada, cabe apenas copia de documento para fechar o processo.

3. O fluxo de um processo dentro do módulo compras, que é o caminho sugerido no caso, ou seja, gerar um "pedido de compras", que será copiado para "nota fiscal de  entrada" faz com que ao lançar este último documento, aconteça uma contabilização bem interessante, que é a despesa contra uma provisão no passivo, que depois será encerrada pelo lançamento do "C/P".

4. Evitar erros na digitação de dados, pois como será lançado um pedido de compras, será usado sempre o mesmo fornecedor, e mais importante que o fornecedor o mesmo item, lembrando que deve ser muito provável a realização de uma "Determinação de conta contábil" para a contabilização da despesa, desta forma no pedido será informado o Fornecedor e o item, com isto para todos os lançamentos futuros serão usadas as mesmas contas contábeis, o que garante segurança no processo e reduz a possibilidade de contabilizações equivocadas, ou em contas diferentes a cada mês.

5. Seria possível fazer o lançamento na tela de C/P utilizando a modalidade por "Conta contabil", porém este lançamento requisitará que todo o mês ao digitar o documento seja informada manualmente a conta da despesa.

6. Ao lançar via "Pedido de Compra", que depois será copiado para "Nota fiscal de entrada", poderá ser realizado o crédito de algum imposto, ou a retenção de algum imposto, ou apenas constituir informações para transmitir um SPED por exemplo.

Enfim, acredito que motivos devem existir, mas o melhor para resolver a questão seria questionar a consultoria, é provável que devam existir os argumentos e podem estar na lista acima.

Abraços,

Rodrigo da Costa Feula

fbio_bilicki
Active Contributor
0 Kudos

Boa noite,

Item 6.

aqui na empresa onde trabalho utilizamos o Pedido de Compra para 95% de todas as entradas, a única coisa que utilizo os LCM são para transferência de dinheiro entre caixa e banco, lançamento de juros, compensação de cheque.

Fazemos isso porque tem uma autorização de gasto, todo pedido que gera financeiro vai para o diretor aprovar ou não.

Outro detalhe que você tem que verificar é o módulo fiscal, por exemplo, conta de energia elétrica e telefone vai para o Sped Fiscal, e tem campos de preenchimento obrigatório (para energia por exemplo), se você fizer um LCM dessas despesas, não funcionará o módulo fiscal corretamente.

Até folha de pagamento lançamos em pedido de compra, uma vantagem de centralizar em um único local é que facilita o treinamento dos usuários, eles não precisam ficar lembrando de tal lançamento, tem que entrar em tal tela.

Item 7.

Tem sim, e tem até um esquema legal de rateio por centro de custo, por exemplo, água e energia elétrica você cria um rateio e quando você lançar uma despesa, ele faz o rateio em vários centros de custo. o Projeto é outro jeito de controlar algum gasto, aqui onde trabalho existe centro de custo desde 2011, e o projeto implantamos no ano passado, em 2015.

Item 1 e 9.

Não tem isso no SAP, ele sugere consumir o estoque do pedido de venda mais antigo para o mais novo, no meu antigo sistema tinha um esquema chamado "reserva de estoque", onde eu conseguia reservar a quantidade de estoque para certo pedido de venda, assim mesmo tendo estoque, e se entrasse um pedido de venda, ele era pra ser produzido.

Parece que no SAP era pra ter algo, já que na OP tem o pedido de venda, mas pelo que eu conheço é só informativo.

Item 10. Caixa.

Aqui na empresa entra a despesa pelo pedido de compra, em um código de despesa,, por exemplo "Despesa de hospedagem",, se o fornecedor emitiu uma nota, lançamos a nota, se for recibos, pedágio, etc,, lançamos uma nota de entrada como "outros", os dois são baixados em uma conta "caixa", ou como chama na baixa do financeiro "dinheiro".

Eu estava acostumado com as contas financeiras ser separadas da contabilidade, já no SAP não é, então aqui no sistema existe uma conta contábil chamada "caixa", lá no ativo,, baixamos tudo ai. e quando precisamos de dinheiro no caixa, fazemos um LCM entre a conta banco e o caixa.

Item 12.

Aqui travei a nota fiscal de entrada quando o item tem lote, é obrigado a ter anexo ao documento, o documento de validade do lote fornecido pelo fornecedor (um pdf), como ele salva sempre tudo quanto é arquivo anexo na mesma pasta, tem que tomar cuidado com o nome do arquivo, no meu caso eu obriguei a ser um nome com o código, numero da nota, data de emissão.

Espero ter ajudado.

Atenciosamente,

Fabio.

SAP 9.0 PL15 / SAP 9.1 PL11 (teste final)

Former Member
0 Kudos

Senhores, muito obrigado pelas respostas, foi de grande ajuda.

Tenho mais uma dúvida em relação aos impostos. Nossa contabilidade é feita externamente, o contador no fim do mês nos passa as guias para pagar (ICMS, PIS, COFINS etc..), pagamos e pronto. Um detalhe é que nunca conferimos os valores, acreditamos que o que o contador nos passa está certo.

O B1 também faz a contabilização dos impostos, a qual usaremos a partir de agora para conferir se bate com os valores do contador. Minha dúvida é como dar a baixa dos impostos no B1. Seria por Pedido de Compra também? Sei que os impostos vão acumulando em algumas contas contábeis, tais como "ICMS a recolher", "ICMS a recuperar", e por ai vai para os outros impostos... Imagino que após pagarmos a guia teremos que zerar as respectivas contas de alguma forma.

Esta questão nosso parceiro SAP não conseguiu nos responder claramente. Entramos em produção essa semana e temos algumas questões que ainda estão meio nebulosas.

Obrigado desde já,

Rudá

fbio_bilicki
Active Contributor
0 Kudos

Boa tarde,

aqui também é feita externamente, mas fechamos no módulo skill toda a apuração de impostos, assim tem como pegar algum erro no escritório e vice-versa.

Aqui na empresa fazemos o seguinte.

- Lançamentos de diferencial de aliquotas ou outros tipos de créditos/debitos.

- Apuração de ICMS.

- Apuração de IPI.

- Geração do livro fiscal de entrada e saída.

- Geração do SPED Fiscal, assim o escritório usa ele pra importar os dados no sistema Phoenix.

Com isso o escritório faz o mesmo fechamento, tem que bater tudo, apuração, etc.

Pela contabilidade do SAP, não consigo fechar o IPI, já que todo o IPI é pago pela matriz, então o saldo da conta contabil de IPI da filial sempre está errado no meu caso, precisando de um LCM pra correção.

Já pra lançar o pagamento do ICMS por exemplo, usamos o pedido de compra. Tenho um código especifico para cada imposto.

Com isso ele debita a conta de ICMS e gera um pagamento para a secretaria de SP.

Abraço,

Fabio

SAP 9.0 PL15 (SAP 9.1 PL11 test)

SKILL 1.21.13.20 PL48 HF3

Former Member
0 Kudos

Fabio,

Muito obrigado pela resposta, foi de grande ajuda. Se você não se importar, fiquei com três dúvidas restantes:

1. Onde você aponta a conta contábil "ICMS a recolher"? No cadastro do PN ou no cadastro do item?

2. Se eu vou usar essa parte contábil do B1 apenas para conferir com os valores que o contador passa, há a necessidade de addon para isso (apuração)? Pergunto isso pois o único addon que adquiri foi o de NFe e vi que você usa esse Skill para contabilidade, mesmo ela sendo externa.

3. Vi que você usa as contas "caixa" e "banco", fazendo um LCM do banco para o caixa quando necessário. Nosso parceiro nos instruiu a usar a conta do banco direto, caindo tudo à pagar/receber nela e tornando a conta "caixa" praticamente inutilizada. Será que há algum problema nisso?

Desde já agradeço,

Rudá

fbio_bilicki
Active Contributor
0 Kudos

Boa noite,

1) aponto no cadastro do item, já que você pode pagar outros tipos de tributos para a secretaria da fazenda de SP (Se você for de SP), como por exemplo, Dare, Taxas Jucesp, IPVA, DPVAT, etc,, todos esses pagamentos utilizamos o mesmo fornecedor, mas cai em contas diferentes.

2) poderia controlar pelo saldo da conta contábil do SAP, aqui o saldo bate com a apuração, tem que tomar cuidado só com o IPI e outros impostos federais se tiver matriz e filial, aqui pagamos os impostos federais pela matriz, isso quer dizer que não tenho o lançamento pra zerar a conta na filial, tenho que fazer isso com um LCM.

3) O SAP é bem ligado a contabilidade, por exemplo, não tenho um local onde mostre o saldo bancário fora da contabilidade, ou seja, o saldo contábil é o saldo do banco.

Problemas que tive:

- o Chefe quer ver quanto tem  de $ no banco consultando o sistema,, se você misturar o caixa com o saldo bancário, não conseguirá responder isso pra ele.

- tenho realmente um caixinha aqui na empresa com um certo valor,,esse valor bate com o saldo da conta contábil caixa.

- outro problema sério é cheque pré-datado,, na contabilidade não existe cheque pré, emitiu ou recebeu cai na conta contábil banco,, pra resolver esse caso, depois de muitas brigas e discussões com a consultoria, conseguimos chegar em um acordo, criamos uma conta contábil cheque pré-datado, então toda baixa com cheque, cai nessa conta. quando o cheque é compensado, fazemos um LCM da conta cheque para o banco, pra "tirar" o dinheiro do banco (isso qualquer outro sistema tem esse controle, já o SAP não tem facil esse controle).

Se você misturar tudo isso, nem o fluxo de caixa funciona corretamente,, e é um relatório bem utilizado aqui pelo financeiro e pela diretoria.

Abraço,

Fabio.

SAP 9.0 PL15 (SAP 9.1 PL11 test), SKILL 1.21.13.20 PL48-HF03

rodrigofeula
Active Contributor
0 Kudos

Olá Rudá, caso tenha interesse em informações sobre a configuração de contabilização avançada, dê uma olhada em:

http://scn.sap.com/community/portuguese/business-one/blog/2013/09/15/sap-business-one-90--entendendo...

Abraços,

Rodrigo da Costa Feula

Answers (0)